Comportamento financeiro do estudante: avaliação da propensão ao endividamento

Vanessa Piovesan Rossato, Nelson Guilherme Machado Pinto

Resumo - visualizações: 102


O objetivo do estudo foi identificar o comportamento financeiro dos estudantes de uma universidade no noroeste do estado do Rio Grande do Sul, avaliando as principais razões das dívidas das pessoas, aplicando uma survey com 160 alunos do curso de administração. Foram utilizadas técnicas de média aritmética e testes de diferença de média. As diferenças de média apontaram diferentes significados de propensão ao endividamento por gênero, idade, estado civil, filhos e renda. Os resultados mostraram-se significativos referentes ao perfil pela dívida por falta de planejamento, alta propensão ao consumo, falta de desconto à vista, empréstimo do nome e por acesso ao crédito. Os procedimentos apontaram que os respondentes gastam menos ou igual à renda que recebem, possuem dívidas, porém, não estão atrasadas e são mais cautelosos ao investir, uma vez que não desejam assumir riscos.

Palavras-Chave: Endividamento. Estudantes. Dívidas. Propensão. Administração.

Student's financial behavior: assessment of the property to the debt

ABSTRACT

The objective of this study was to identify the financial behavior of students from a university in the northwest of Rio Grande do Sul state, evaluating the main reasons for the debts of the people, applying a survey with 160 students of the administration course. Arithmetic mean and difference mean tests were used. The differences in the mean showed different meanings of debt propensity by gender, age, marital status, children and income. The results were significant in relation to the debt profile due to lack of planning, high propensity to consumption, lack of cash discount, name loan and access to credit. The procedures indicated that respondents spend less than or equal to the income they receive, have debt, but are not late and are more cautious when investing, as they do not want to take risks.

Keywords: Indebtedness. Students. Debts. Propensity. Administration.


Palavras-chave


Endividamento. Estudantes. Dívidas. Propensão. Administração

Texto completo:

PDF

Referências


AGUIAR, S. Integração das Ferramentas da qualidade ao PDCA e ao Programa Seis Sigma. 2. ed. Nova Lima, MG: INDG TECS, 2006.

ALVARENGA, G. L.; VOSGERAU, D.S.R. Arrependimento, sunk cost e dor de corno: vivendo com as consequências das decisões. Pensamento & Realidade, Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração-FEA, v. 30, n. 2, 2015. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/pensamentorealidade/article/view/24619. Acesso em: 12 jul. 2017.

ALVES, G. L. C.; MAHMOUD, B. D. O. R.; NASCIMENTO, B.; SAMPAIO, Y.; BACHA, M, l. Baixa renda: endividamento e compreensão de notícias econômicas. Inovcom, v. 5, n. 2, p. 38-51, 2013. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/261134390_Baixa_renda_endividamento_e_compreensao_de_noticias_economicas. Acesso em: 01 maio 2017.

ARTIFON, S.; PIVA, M. Endividamento nos dias atuais: fatores psicológicos implicados neste processo. Endividamento e implicações psíquicas. Psicologia.pt, p. 1-41, 2014. Disponível em: https://www.psicologia.pt/artigos/ver_artigo.php?codigo=A0771. Acesso em: dez. 2017.

BARROS, T. S.; FELIPE, I. J. D. S. Teoria do prospecto: evidências aplicadas em finanças comportamentais. Revista de Administração FACES Journal, v. 14, n. 4, p. 75-95, 2015. Disponível em: http://www.fumec.br/revistas/facesp/article/view/2934. Acesso em: 09 ago 2017.

BRITTO, B. S. M.; OLIVEIRA-CASTRO, J. M.; HOLANDA, A. O.; SANTOS, T. L. D. Comportamento do Consumidor: Comparação entre Valor Relatado e Valor Gasto com Cartão de Crédito. Contabilidade, Gestão e Governança, v. 21, n. 3, p. 402-419, 2018. Disponível em: https://www.revistacgg.org/contabil/article/view/1568. Acesso em: jan. 2019.

CAMPARA, J. P.; VIEIRA, K. M.; COSTA, V. M. F; FRAGA, L. S. O Dilema dos Inadimplentes: Antecedentes e Consequentes do" nome sujo". REMark, v. 15, n. 1, p. 71-85, 2016. Disponível em: http://www.revistabrasileiramarketing.org/ojs-2.2.4/index.php/remark/article/viewArticle/2941. Acesso em: jul. 2017.

FERNANDES, A. H. S.; CANDIDO, J. G. Educação financeira e nível do endividamento: relato de pesquisa entre os estudantes de uma instituição de ensino da cidade de São Paulo. Revista Eletrônica Gestão e Serviços, v. 5, n. 2, p. 894-913, 2014. Disponível em: https://www.passeidireto.com/arquivo/63409876/educacao-financeira-e-nivel-do-endividam. Acesso em: 11 out. 2017.

FLORES, S. A. M.; VIEIRA, K. M.; CORONEL, D. A. Influência de Fatores Comportamentais na Propensão ao Endividamento. Revista de Administração FACES Journal, v. 12, n. 2, p. 13-35, 2013. Disponível em: http://www.fumec.br/revistas/facesp/article/view/808. Acesso em: out. 2017.

FLORES, S. A. M. Sabrina Arruda. Modelagem de equações estruturais aplicada à propensão ao endividamento: uma análise de fatores comportamentais, 2012. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Santa Maria. Disponível em: https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/4621/FLORES,%20SILVIA%20AMELIA%20MENDONCA.pdf. Acesso em: 12 mar. 2018.

GIL, A.C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GUIMARÃES, A. Q.; ALMEIDA, M. E. Os jovens e o mercado de trabalho: evolução e desafios da política de emprego no Brasil. Temas de administração pública, v. 8, n. 2, 2013. Disponível em: https://periodicos.fclar.unesp.br/temasadm/article/view/6845. Acesso em: 13 sete. 2017.

HAIR, J.; BABIN, B.; MONEY, A.; SAMOUEL, P. Fundamentos de métodos de pesquisa em administração. São Paulo: Bookman, 2005.

HAUBERT, F. L. C.; LIMA, C. R. M.; LIMA, M. V. A. Finanças comportamentais: uma investigação com base na teoria do prospecto e no perfil do investidor de estudantes de cursos stricto sensu portugueses. Revista de Ciências da Administração, v. 16, n. 38, p. 183-195, 2014. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/adm/article/view/2175-8077.2014v16n38p183. Acesso em: 15 out. 2017.

KUNKEL, F. I. R.; VIEIRA, K.M.; POTRICH, A.C.G. Causas e consequências da dívida no cartão de crédito: uma análise multifatores. Revista de Administração, v. 50, n. 2, p. 169-182, 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0080-21072015000200169&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 14 nov. 2017.

MACEDO Jr., J. S. A Árvore do Dinheiro: guia para cultivar a sua independência financeira. Rio de Janeiro: Elsevier, 2007.

MALAQUIAS, F. R.; R.; MAMEDE, S. P. N. S. Efeito calendário e finanças comportamentais no segmento de fundos multimercados. RAC-Revista de Administração Contemporânea, v. 19, p. 98-116, 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1415-65552015000700007&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 03 dez. 2017.

MALHOTRA, N. Pesquisa de marketing: uma orientação aplicada. 4. ed. Porto Alegre: Bookman, 2006.

MARQUES, M. M. L.; FRADE, C. Regular o sobreendividamento. Gabinete de Política Legislativa e Planeamento do Ministério da Justiça (Ed.). Código da Insolvência e da Recuperação de Empresas. Coimbra: Coimbra Editora, 2003. Disponível em: http://docplayer.com.br/. Acesso em: abr. de 2017.

MESSIAS, J. F.; DA SILVA, J. U.; SILVA, P. H. C. Marketing, Crédito & Consumismo: Impactos sobre o endividamento precoce dos jovens Brasileiros. Revista Eniac Pesquisa, v. 4, n. 1, p. 43-59, 2015. Disponível em: file:///C:/Users/USER/Downloads/Dialnet-MarketingCreditoConsumismo-5261082.pdf. Acesso em: 08 mar. 2018.

NISIYAMA, E. K.; NAKAMURA, W. T. Pesquisas internacionais recentes em estrutura de capital/recent international research in capital structure. Revista de Administração de Roraima, v. 5, n. 1, p. 105, 2015. Disponível em: https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=5164427. Acesso em: 09 mar. 2018.

OLIVEIRA, R. L.; KRAUTER, E. Teoria do Prospecto: como as Finanças Comportamentais Podem Explicar a Tomada de Decisão. Revista Pretexto, v. 16, n. 3, p. 106-121, 2015. Disponível em: http://www.fumec.br/revistas/pretexto/article/view/1863/artigo. Acesso em: 11 abr. 2018.

PINTO, N. G. M.; CORONEL, D. A. Inadimplência no serviço de TV por assinatura: um estudo sobre as suas causas em uma empresa do setor da cidade de Santa Maria-RS. Sinergia, v 16, n 2, p. 41-51, 2012. Disponível em: https://periodicos.furg.br/sinergia/article/view/3671/242. Acesso em: 05 abr. 2018.

PONCHIO, M. Canniatti. The Influence of Materialism on Consumption Indebtedness in the Context of Low Income Consumers from the City of Sao Paulo. 2006. 175 f. Tese (Doutorado em Administração de Empresas) – Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas, São Paulo, 2006. Disponível em: https://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/bitstream/handle/10438/2519/142172.pdf?sequence=2&isAllowed=y. Acesso em: nov. 2017.

POTRICH, A. C. G.; CAMPARA, J. P.; BRUTTI, F. Entendendo a tolerância ao risco: uma análise a partir das variáveis socioeconômicas e demográficas. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO FORTALEZA( ENEGEP)., XXXV, Fortaleza. Anais [...] ENEGEP: Fortaleza, 2015. Disponível em: http://www.abepro.org.br/biblioteca/TN_WIC_208_236_26369.pdf. Acesso em: Setembro de 2017.

POTRICH, A. C. G.; VIEIRA, K. M.; KIRCH, G. Você é Alfabetizado Financeiramente? Descubra no Termômetro de Alfabetização Financeira. BASE - Revista de Administração e Contabilidade da UNISINOS, v. 13, n. 2, p. 153-170, 2016. Disponível em: https://bibliotecadigital.fgv.br/dspace/handle/10438/18826. Acesso em: 20 mar. 2017.

ROGERS, P.; ROGERS, D.; SECURATO, J. R. Forum: - About psychological variables in application scoring models. Revista de Administração de Empresas, v. 55, n. 1, p. 38-49, 2015. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-75902015000100038. Acesso em: 12 jun. 2017.

ROSA, I. R. DA; MILANI, B. Aversão ao risco financeiro: um estudo sobre o comportamento de estudantes de nível superior. Caderno Profissional de Administração – UNIMEP Mestrado Profissional e Doutorado em Administração, v. 5, n. 2, p. 84- 102, 2015. Disponível em: http://www.spell.org.br/documentos/ver/39612/aversao-ao-risco-financeiro--um-estudo-sobre-o-comportamento-de-estudantes-de-nivel-superior. Acesso em: 03 maio 2017.

SERRA, G.; P.; LIMA, G. T. Sustentabilidade do Endividamento Estudantil em uma Macrodinâmica Liderada pela Demanda. Economia e Sociedade, v. 27, n. 2, 2018. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_abstract&pid=S0104-06182018000200493&lng=pt&nrm=iso. Acesso em: 12 dez. 2018.

SILVA, M. W. D A; NAKAMURA, W.T.; MORAES, D.C. Credit card risk behavior on college campuses: evidence from Brazil. BAR-Brazilian Administration Review, v. 9, n. 3, p. 351-373, 2012. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1807-76922012000300007. Acesso em: 14 set. 2017.

TRINDADE, L. L.; VIEIRA, K. M.; CERETTA, P. S.; CAVALHEIRO, E. A. Determinantes da propensão ao endividamento: um estudo nas mulheres da mesorregião Centro Ocidental Rio Grandense. Espacios (Caracas), v. 32, p. 18-20, 2011. Disponível em: https://repositorio.ufsm.br/handle/1/4550. Acesso em: 05 ago. 2017.

VIEIRA, K. M.; FLORES, S. A. M.; CAMPARA, J. P. Propensão ao Endividamento no Município de Santa Maria (RS): verificando diferenças em variáveis demográficas e culturais. TPA -Teoria e Prática em Administração, v. 4, n. 2, p. 180-205, 2015. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/tpa/article/view/19582. Acesso em: 15 set. 2017.

VIEIRA, K. M. KUNKEL, F. R.; CAMPARA, J. P.; PARABONI, A. L Alfabetização financeira dos jovens universitários rio-grandenses. Desenvolve Revista de Gestão do Unilasalle, v. 5, n. 1, p. 107-133, 2016. Disponível em: https://revistas.unilasalle.edu.br/index.php/desenvolve/article/view/2316-5537.16.17. Acesso em: 08 ago. 2018.

VILAIN, J. S. B.; PEREIRA, M. F. O impacto do status no planejamento financeiro pessoal: estudo de caso com os advogados de Florianópolis, Santa Catarina. Revista Gestão e Planejamento, v. 14, n. 3, p. 470-488, 2013. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/121435. Acesso em: 11 nov. 2017.

WANG, L; LU, W; MALHOTRA, N. K. Demographics, attitude, personality and credit card features correlate with credit card debt: A view from China. Journal of economic psychology, v. 32, n. 1, p. 179-193, 2011. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0167487010001327. Acesso em: 08 set. 2018.

ZERRENNER, Sabrina Arruda. Estudo sobre as razões para o endividamento da população de baixa renda. 2007. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo. Sisponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-13112007-120236/pt-br.php Acesso em: 09 nov. 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.29069/forscience.2019v7n2.e650

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexada em:

                    

          

ISSN 2318-6356

Licença Creative Commons
ForScience: Revista Científica do IFMG   http://formiga.ifmg.edu.br/forscience é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 3.0 Não Adaptada.

SalvarSalvarSalvarSalvar