Uma análise da resolução de questões sobre o Teorema de Pitágoras

William Vieira, Roberto Seidi Imafuku, Emanoel Fabiano Menezes Pereira

Resumo - visualizações: 284


Apresenta-se, neste artigo, uma análise da resolução de questões sobre o Teorema de Pitágoras de estudantes ingressantes no 1º ano do Ensino Médio Técnico de uma Instituição Federal de Ensino do Estado de São Paulo. O objetivo dessa investigação foi o de detectar e classificar os principais erros e dificuldades apresentados pelos participantes na identificação e no uso deste teorema. As duas questões, do tipo teste, foram aplicadas para 78 estudantes no início do ano letivo de 2018. A interação de aspectos algorítmicos, intuitivos e formais é o referencial teórico adotado nas análises das resoluções. De maneira geral, verificou-se que os estudantes apresentaram muitas dificuldades no reconhecimento e na aplicação do Teorema de Pitágoras. Como procuramos demonstrar em nossas análises, essas dificuldades estão relacionadas à não interação, por parte dos participantes, de aspectos algorítmicos, intuitivos e formais associados ao uso do teorema. 

Palavras-chave: Teorema de Pitágoras. Aspectos algorítmicos, intuitivos e formais. Análise de Erros.

Abstract

An analysis of the resolution of questions about the Pythagorean Theorem

This article presents an analysis of the resolution of questions about the Pythagorean Theorem of incoming students in the 1st year of the Technical High School of a federal teaching institution in the State of São Paulo. The objective of this investigation was to detect and classify the main errors and difficulties presented by the participants in the identification and use of this theorem. The two questions, of the test type, were applied to 78 students at the beginning of the 2018 academic year. The interaction of algorithmic, intuitive and formal aspects is the theoretical reference adopted in the analysis of the resolutions. In general, it was verified that the students presented many difficulties in the recognition and the application of the Pythagorean Theorem. As we try to demonstrate in our analyzes, these difficulties are related to the participants' noninteraction of algorithmic, intuitive and formal aspects
associated to the use of the theorem.

Keywords: Pythagorean theorem. Algorithmic, intuitive and formal aspects. Error Analysis.


Palavras-chave


Aspectos algorítmicos, Intuitivos e formais. Análise de Erros. Geometria Plana.

Texto completo:

PDF

Referências


BASTIAN, Irma Verri. O Teorema de Pitágoras. 2000. 229 f. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2000.

CORBO, Olga. Um estudo sobre os conhecimentos necessários ao professor de Matemática para a exploração de noções concernentes aos números irracionais na educação básica. 2012. 313 f. Tese (Doutorado em Educação Matemática) - Universidade Bandeirante de São Paulo, São Paulo, 2012.

CURY, Helena Noronha. Análise de erros: o que podemos aprender com as respostas dos alunos. 1. ed. Belo Horizonte: Autêntica, 2007.

FISCHBEIN, Efraim; TIROSH, Dina.; MELAMED, U. Is it possible to measure the intuitive acceptance of a mathematical statement? Educational Studies in Mathematics, Dordrecht:Kluwer Academic Publisher, n. 12, p. 491–512, 1981.

FISCHBEIN, Efraim. The interaction between the formal, the algorithmic, and the intuitive components in a mathematical activity. In Rolf Biehler et al. (Org.) Didactics of Mathematics as a Scientific Discipline, Dordrecht: Kluwer Academic Publisher, p. 328-375. 1994.

MOTTIN, Elisandra. A Utilização de material didático-pedagógico em ateliês de matemática para o estudo de Teorema de Pitágoras. 2004. 117 f. Dissertação (Mestrado em Ciências e Matemática) - Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2004.

PEREIRA, Mayara Gabriella Grangeiro; COUTO, Ana Paula Nascimento Pegado; COSTA, Acylena Coelho. Análise de erros em questões de Teorema de Pitágoras: um estudo com alunos do Ensino Fundamental. São Paulo: 2016.

SILVA, Benedito A. Contrato Didático. In: MACHADO, Silvia D. A. (Org.), Educação matemática: uma (nova) introdução. São Paulo: EDUC. p. 49-75. 2008.

TASHIMA, Marina Massaco; SILVA, Ana Lúcia da. As lacunas no ensino-aprendizagem da geometria. Disponível em: http://www.gestaoescolar.

diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/producoes_pde/artigo_marina_mass

aco_tashima.pdf . Acesso em: 03 set. 2018.




DOI: http://dx.doi.org/10.29069/forscience.2019v7n2.e552

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexada em:

                    

          

ISSN 2318-6356

Licença Creative Commons
ForScience: Revista Científica do IFMG   http://formiga.ifmg.edu.br/forscience é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 3.0 Não Adaptada.

SalvarSalvarSalvarSalvar