Modelo operacional para uma microcervejaria cigana

Raphael Athos dos Santos, Luciana Emirena dos Santos Carneiro, Lucas Maia dos Santos

Resumo - visualizações: 5900


Este artigo tem o objetivo de propor um modelo operacional para empreendedores e administradores do mercado de cervejas artesanais. Um modelo de negócio que tem se tornado muito comum neste mercado crescente é o conhecido como cervejaria cigana. Neste modelo as microcervejarias terceirizam sua produção para diminuir custos e concentrar esforços em outros pontos da cadeia de valor. Através do modelo proposto de uma microcervejaria, este artigo demonstra passo a passo como deve ser a operação de uma cervejaria cigana competitiva. Este modelo foi desenvolvido com base em diversas teorias da administração que orientam o planejamento e execução das atividades, desde a identificação da necessidade de compra de matéria-prima até a distribuição do produto para varejistas. Pontos como as legislações que regulamentam as operações e dados históricos relacionados a produção de cerveja no Brasil e no mundo também são apresentados, além de referências relacionadas ao mercado consumidor e o seu crescimento nos últimos anos. 

Palavras-chave: Microcervejaria. Administração da Produção. Terceirização. Modelo operacional

Operational model for contract breweries

Abstract

This paper proposes an operational model for entrepreneurs and craft beer market managers. Abisiness model that has become very common in this growing contract brewer market. In that model, brewers outsource their production to decrease costs and concentrate efforts in other points of the supply chain. Through the proposed model of a microbrewery, this article carry out systematically how the operation of a competitive and itinerant brewery should be. Several management theories guide planning and execution of actions, from the identification of the need to raw materials acquisitions to retailer’s distribution. Moreover, this papers presents a brewery regulation in Brazil, Brazilian and worldwide itinerant brewer´s history and economic panorama about consumer market in the last years.

Keywords: Microbrewery. Production management. Outsourcing. Operational Model

 


Palavras-chave


Microcervejaria. Administração da Produção. Terceirização. Modelo operacional

Texto completo:

PDF

Referências


AMATO NETO, J. Reestruturação industrial, terceirização e redes de subcontratação. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 35, n. 2, p. 33-42, mar./abr. 1995. Disponível em: . Acesso em: 07 jul. 2017.

ANDRADE, M. M. Introdução à metodologia do trabalho científico: elaboração de trabalhos na graduação. São Paulo: Atlas, 2010.

ARAUJO, L. C. G. Organização, sistemas e métodos e as tecnologias da gestão organizacional. São Paulo: Atlas, 2012.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DA INDÚSTRIADA CERVEJA (CERVBRASIL). Dados do setor. São Paulo, [2015]. Disponível em: . Acesso em: 18 mar. 2017.

BRASIL. Decreto n° 6.871, de 4 de junho de 2009. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 05 jun. 2009. Seção 1, p. 20. Disponível em: . Acesso em: 18 mar. 2017.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Secretaria de Defesa Agropecuária. Instrução Normativa n° 5, de 31 de março de 2000. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF, 05 abr. 2000. Seção 1, p. 10. Disponível em: . Acesso em: 4 abr. 2017.

CHAVES, R. L. P. Reinventing a business model: how contract breweries became a permanent form of organizing. 2016. 71 f. Dissertação (Mestrado Executivo em Gestão Empresarial da Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas da Fundação Getúlio Vargas – FGV/EBAPE) – Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, 2016. Disponível em: . Acesso em: 01 abr. 2017.

CONAR. Código Brasileiro de Autorregulamentação Publicitária Código e Anexos – CONAR. São Paulo, Resolução Nº 02/08 Ref. anexo “P”. 2008. Disponível em . Acesso em 31 mar. 2017.

CONSELHO NACIONAL DE AUTORREGULAMENTAÇÃO PUBLICITÁRIA (CONAR). Código Brasileiro de Autorregulamentação Publicitária: código e anexos – CONAR. São Paulo, 2008. Disponível em . Acesso em 31 mar. 2017.

DELGADO, Y. L. Plano de negócio para microcervejaria artesanal. Porto Alegre: UFRGS, 2016.

DORNELAS, J. C. A. Empreendedorismo: transformando ideias em negócios. São Paulo: Elsevier, 2008.

FRANCISCHINI, P. G; GURGEL, F. A. Administração de materiais e do patrimônio. São Paulo: Cengage Learnig, 2013.

HISRICH, R. D; PETERS, M. P; SHEPHERD D. A. Empreendedorismo. Porto Alegre: Bookman, 2009.

HITT. M. A; IRELAND, R. D; HOSKISSON, R. E. Administração estratégica: competitividade e globalização. São Paulo: Cengage Learning, 2011.

HUGHES, G. Cerveja feita em casa. São Paulo: Publifolha, 2016.

LUNA, M. M. M. O processo de terceirização das atividades logísticas. In: SIMPÓSIO DE ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO, LOGÍSTICA E OPERAÇÕES INTERNACIONAIS – SIMPOI, 9., 2006, São Paulo. Anais... São Paulo: FVG-EAESP, 2006.

MORADO, R. Larousse da cerveja. São Paulo: Larousse, 2009.

MORELLI, D.; SIMON, A. T. Terceirização de sistemas de distribuição física: um estudo de caso em um operador logístico. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO, 32., 2012, Bento Gonçalves. Anais... Bento Gonçalves: Enegep, 2012.

OETTERER, M; REGITANO-D´ARCE, M. A. B; SPOTO, M.H.F. Fundamentos de ciência e tecnologia de alimentos. São Paulo: Manole, 2006.

ROSA, C. A. Como elaborar um plano de negócios. Brasília: SEBRAE, 2013.

RUSSO, C. P. Armazenagem, controle e distribuição. Curitiba: InterSaberes, 2013.

SEBRAE. Microcervejarias. [S.l.], [20--]. Disponível em: . Acesso em: 18 mar. 2017.

SENAI. Tecnologia cervejeira. Rio de Janeiro: SENAI, 2014.

SLACK, N; CHAMBERS, S; JOHNSTON, R. Administração da produção. São Paulo: Atlas, 2009.

SZWARCFITER, C; DALCOL, P. R. T. Economias de Escala e de Escopo: desmistificando alguns aspectos da transição. Produção, Belo Horizonte, v. 17, n. 2, p.1l7-129, nov. 1997. Disponível em: . Acesso em: 15 jul. 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.29069/forscience.2018v6n1.e292

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexada em:

                    

          

ISSN 2318-6356

Licença Creative Commons
ForScience: Revista Científica do IFMG   http://formiga.ifmg.edu.br/forscience é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 3.0 Não Adaptada.

SalvarSalvarSalvarSalvar