Análise da influência de modelos dinâmicos no tempo de duração de correntes de curto circuito

Renan Souza Moura, Rayane Rainer Leal, Vinícius Augusto Dantas, André Roger Rodrigues

Resumo - visualizações: 1638


O objetivo principal de um sistema elétrico de potência é atender a potência requerida pelo consumidor com valores pré-estabelecidos de tensão e frequência. Para manter esses valores nominais, a utilização de reguladores dinâmicos é fundamental, pois as suas atuações, frente a distúrbios, visam manter a estabilidade dinâmica do sistema. Existem vários modelos dinâmicos para reguladores de tensão e velocidade, e quais modelos devem ser escolhidos de forma que a estabilidade seja mantida na ocorrência de curto circuito, é a preocupação deste artigo. Os resultados apresentados demonstram que existe um tempo máximo de duração dessas correntes em função do modelo dinâmico adotado e caso esse tempo seja extrapolado, instabilidades dinâmicas ocorrem. Em todas as simulações, os limites operacionais serão considerados.

Palavras-chave: Estabilidade dinâmica. Corrente de curto circuito. Modelos dinâmicos.

Abstract

Analysis of the influence of dynamic models in the duration time of short circuit currents.

The main purpose of an electric power system is to supply the power required by the consumer with pre-established voltage and frequency values. In this sense, the use of dynamic regulators is fundamental, since their actions against disturbances is to maintain the dynamic stability of the system where they are inserted. There are several dynamic models for voltage and speed regulators and which models should be chosen in the occurrence of short circuit at its terminals is the concern of this article. The results demonstrated that there is variation in the maximum duration time of these currents in function of the adopted dynamic model. In all simulations, operational limits will be considered.

Keywords: Dynamic stability, Short circuit current, Dynamic models.




Palavras-chave


Estabilidade dinâmica; Corrente de curto circuito; Modelos dinâmicos

Texto completo:

PDF

Referências


CENTRO DE PESQUISAS DE ENERGIA ELÉTRICA. ANAREDE: análise de redes elétricas. Versão 10.1.3. [S.l.]: Cepel, c2015.

______. ANATEM: análise de transitório eletromecânicos. Versão 11.1.0. [S.l.]: Cepel, c2015.

______. Manual do usuário-programa ANATEM: análise de transitórios eletromecânicos. Versão 10.04.06. [S.l.]: Cepel, 2014.

KUNDUR, P. et al. Definition and classification of power system stability. IEEE Transactions on Power Systems, v. 19, n. 3, p. 1387-1401, aug. 2004.

KUNDUR, P. Power system stability and control. New York: McGraw-Hill, 1994.

LOPES, B. I. L.; SOUZA. A. C. Z. On multiple tap blocking to avoid voltage collapse. IEEE Transactions on Power Systems, v. 67, n. 3, p. 225-231, dec. 2003.

MARUJO, D. et al. On Control actions effects by using QV curves. IEEE Transactions on Power Systems, v. 30, n. 3, may 2014.

MOHN, F. W.; SOUZA. A. C. Z. Tracing PV and QV curves with help of a CRIC continuation method. IEEE Transactions on Power Systems, v. 21, n. 3, jul. 2006.

MONTICELLI, A. J. Fluxo de carga em redes de energia elétrica. São Paulo: Edgar Blucher, 1983.

MOURA, R. S. et al. Blocking reactive power generation as a voltage control measure. In: INTERNATIONAL CONFERENCE ON ELECTRICITY DISTRIBUTION, 22., 2013, Estocolmo. Anais… Estocolmo: CIRED, 2013.

MOURA R. S. et al. Effects of QV curves in the dynamic behaviour of power systems. IET Generation, Transmission & Distribution, v. 10, n. 12, aug. 2016.

MOURA, R. S.; ETO, T. T. Efeito do controle de tensão em problemas de colapso de tensão. 2007. 7 f. Trabalho de conclusão de curso (Graduação em Engenharia Elétrica)– Faculdade de Engenharia Elétrica, Universidade Federal de Itajubá, Itajubá, 2007.

OPERADOR NACIONAL DO SISTEMA ELÉTRICO. c2013. Disponível em: . Acesso em: 29 jun. 2017.

PROGRAMA ANATEM. Curso de treinamento 2008. Rio de Janeiro: Centro de Pesquisas de Energia Elétrica, 2008.




DOI: http://dx.doi.org/10.29069/forscience.2017v5n1.e256

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexada em:

                    

          

ISSN 2318-6356

Licença Creative Commons
ForScience: Revista Científica do IFMG   http://formiga.ifmg.edu.br/forscience é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 3.0 Não Adaptada.

SalvarSalvarSalvarSalvar