Mão de obra qualificada na cidade de Formiga-MG: uma comparação entre os cursos oferecidos pelas IES e a demanda das empresas da cidade

Nágila Giovanna Silva Vilela, Adriano Olímpio Tonelli, Izabele Figueiredo Mascarenhas

Resumo - visualizações: 2424


A falta de mão de obra qualificada é um problema ocorrente na economia brasileira. Tal dificuldade é intensificada nas micro, pequenas e médias empresas (MPEs), muitas vezes por serem empresas recentes e sem planejamento prévio. O presente estudo objetivou explorar a relação entre a oferta de cursos superiores na cidade de Formiga-MG e a demanda das empresas locais por profissionais qualificados. A pesquisa, de caráter qualitativo e exploratório, teve a participação de 56 empresas da cidade, sendo 36 de micro e pequeno porte, atuantes em diferentes segmentos. Os resultados revelaram que as empresas optam por contratar profissionais com baixo nível de escolaridade (inferior a 11 anos), mas buscam características de profissionais qualificados. Adicionalmente menos da metade das empresas entrevistadas mencionou admitir profissionais com nível superior, e apenas uma admite empregar quem possui pós-graduação. Esse fato pode ser consequência da acomodação da economia brasileira em relação a baixos padrões de qualificação de mão de obra e produtividade.

Palavras chave: Qualificação profissional. Mercado de trabalho. Ensino Superior.

Manpower qualified in formiga-mg city: a comparison between courses offered by ies and demand of city enterprises

Abstract

The lack of manpower is a problem occurring in the Brazilian economy. This difficulty is enhanced in the micro, small and medium enterprises (MSEs), often because they are newer companies without prior planning. This study aimed to explore the relationship between the supply of higher education in Formiga-MG and demand of local enterprises by qualified professionals. The research, qualitative and exploratory character had a participation of 56 municipal companies, being 36 micro and small, operating in different segments. The results showed that companies choose to hire professionals with low education level (less than 11years), but often seek qualified professional features. In addition, less than half of interviewees mentioned admit professionals with higher education level, and admits employed who has only graduation. This may be a result of the Brazilian economy accommodation over the low workforce qualification standards and productivity.

Keywords: Professional qualification. Job market. Higher education.


Palavras-chave


Qualificação profissional. Mercado de trabalho. Ensino Superior.

Texto completo:

PDF

Referências


ARRUDA, M. C. C.; MARTELETO, R. M.; SOUZA, D. B. Educação, trabalho e o delineamento de novos perfis profissionais: o bibliotecário em questão. Ciência da Informação, v. 29, n. 3, p. 14-24, set./dez. 2000.

BARBOSA, J. O. O “GAP” entre o perfil profissional dos estudantes formados pelo Cefet-MT e as demandas do mercado de trabalho. Profiscientia, n. 4, nov. 2013.

BRASIL. Ministério da Educação. Fundação Capes. Universidade Aberta do Brasil. Polo UAB: Formiga – Rosário (Formiga – MG). Brasília, [201_]. Disponível em: . Acesso em: 14 fev. 2016a.

______. Ministério da Educação. Fundação Capes. Universidade Aberta do Brasil. Sobre a UAB. Brasília: [201_]. Disponível em:

onent/content/article?id=6>. Acesso em: 14 fev. 2016b.

CASTELLO BRANCO, R. C. Crescimento acelerado e o mercado de trabalho: a experiência brasileira. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 1979. Disponível em: . Acesso em: 16 abr. 2015.

CATANI, A. M.; OLIVEIRA, J. F.; DOURADO, L. F. Política educacional, mudanças no mundo do trabalho e reforma curricular dos cursos de graduação no Brasil. Educação e Sociedade, v. 22, n. 75, p. 67-83, ago. 2001.

CENTRO UNIVERSITÁRIO DE FORMIGA. Graduação. Formiga, 2015. Disponível em: . Acesso em: 13 abr. 2015a.

______. História. Formiga, 2015. Disponível em: . Acesso em: 13 abr. 2015b. DIAS, J. Desafios da Qualificação no Brasil: demandas dos setores tradicionais e tecnológicos de curto e longo prazo por mão-de-obra qualificada. In: ENCONTRO NACIONAL DE ECONOMIA. 41., 2013, Foz do Iguaçu. Anais... Foz do Iguaçu: ANPEC, 2013. CONFEDERAÇÃO NACIONAL DO COMÉRCIO DE BENS, SERVIÇOS E TURISMO. Empresômetro MPE. 2016. Disponível em: . Acesso em: 17 fev. 2016.

FLEURY, M. T. L.; FLEURY, A. Construindo o conceito de competência. Revista de Administração Contemporânea, v. 5, n. spe, p. 183-196, 2001.

FRACALANZA, P. S.; FERREIRA, A. N.. Micro e Pequenas Empresas: rotatividade da força de trabalho e implicações para o desenvolvimento no Brasil. In: SANTOS, Anselmo Luís dos; KREIN, José Dari; CALIXTRE, André Bojikian (Orgs.). Micro e Pequenas Empresas: mercado de trabalho e implicação para o desenvolvimento. Rio de Janeiro: IPEA, 2012, p. 89-112.

FUNDAÇÃO DOM CABRAL. Pesquisa Carência de Profissionais. Belo Horizonte: FDC, 2010.

______. Pesquisa Carência de Profissionais. Belo Horizonte: FDC, 2013.

IAROZINSKI NETO, A.; CACIATORI JUNIOR, I. Classificação das principais dificuldades enfrentadas pelas pequenas e médias empresas (PMEs). In: SIMPEP. 13., 2006, Bauru. Anais... Bauru: UNESP, 2006. Disponível em: . Acesso em: 17 abr. 2015.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA. As Micro e pequenas empresas comerciais e de serviços no Brasil: 2001. Rio de Janeiro: IBGE, 2003.

______. IBGE Cidades – Formiga. 2016. Disponível em: . Acesso em: 10 fev. 2016.

INSTITUTO FEDERAL DE MINAS GERAIS. Histórico: campus Formiga. Formiga: 2015. Disponível em: . Acesso em: 10 abr. 2015.

RESENDE, P. T. V.; SOUSA, P. R. Carência de profissionais: um desafio para as grandes empresas brasileiras. [S.l]: Fundação Dom Cabral, 2013.

SCHWARTZMAN, S.; CASTRO, C. M. Ensino, formação profissional e a questão da mão de obra. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, v. 21, n. 80, p. 563-624, jul./set. 2013.

SERVIÇO BRASILEIRO DE APOIO ÀS MICRO E PEQUENAS EMPRESAS. Micro e Pequenas Empresas geram 27% do PIB do Brasil. 2014. Disponível em: . Acesso em: 12 abr. 2015a.

______. Participação das Micro e Pequenas Empresas na Economia Brasileira. 2014. Disponível em: . Acesso em: 12 abr. 2015b.




DOI: http://dx.doi.org/10.29069/forscience.2016v4n2.e196

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexada em:

                    

          

ISSN 2318-6356

Licença Creative Commons
ForScience: Revista Científica do IFMG   http://formiga.ifmg.edu.br/forscience é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 3.0 Não Adaptada.

SalvarSalvarSalvarSalvar