Análise da plataforma COLABORAR através de estudantes de Ciências Contábeis do polo de Diamantina/MG: o ambiente virtual de ensino da UNOPAR

Henrique Carlos Fonte Boa Carvalho, Alan Fernando Santos de Ávila, João Paulo da Fonseca Machado, Rafael Luiz de Menezes Fernandes

Resumo - visualizações: 2590


As constantes inovações tecnológicas na área de comunicação têm colaborado para o desenvolvimento da educação a distância. Neste cenário de EAD, a ferramenta utilizada para o ensino e aprendizado torna-se de fundamental importância, principalmente por ser o principal meio de comunicação entre docentes e discentes, colaborando com o desenvolvimento da educação no país. O presente artigo faz uma análise da usabilidade do software de educação a distancia “Colaborar”, da Universidade do Norte do Paraná, através dos alunos do curso do curso de Ciências Contábeis do polo de Diamantina-MG. Os resultados demonstraram que o software analisado atende aos requisitos dos alunos de Ciências Contábeis, no entanto precisa de pequenas adequações.

Palavras-chaves: AVA. EAD. Software. Usabilidade.

Analysis of the platform colaborar through accounting sciences from hub in diamantina/mg: virtual environment from unopar

Abstract

The constant technological innovations in communication have contributed to the development of distance education. EAD this scenario, the tool used for teaching and learning becomes crucial, especially because it is the primary means of communication between teachers and students, collaborating with the development of education in the country. This paper analyzes the usability of the distance education software "Colaborar", the University of North Paraná, through the students of the course in Accounting Sciences from the pole Diamantina-MG. The results showed that the software analysis meets the needs of Accounting Sciences student, but need small adjustments.

Keywords: AVA. EAD. Software. Usability.



Palavras-chave


AVA. EAD. Software. Usabilidade.

Texto completo:

PDF

Referências


ABBAD, G. S. Educação à distância: o estado da arte e o futuro necessário. Revista do Serviço Público, v. 58, n. 3, p. 351-374, 2014.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE EDUCAÇÃO A DISTÂNCIA. Censo EAD, BR: Relatório Analítico da Aprendizagem a Distância no Brasil 2014. Curitiba, 2015. Disponível em: . Acesso em: 11 mai. 2016.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ESTÁGIOS. Estatísticas. 2017. Disponível em: Acesso em: 18 jul. 2017

FAVERO, R. V. M. Dialogar ou evadir: eis a questão!: um estudo sobre a permanência e a evasão na Educação a Distância, no Estado do Rio Grande do Sul. 2006. 167 f. (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2006.

FREITAS, H. et al. O método de pesquisa survey. Revista de Administração da Universidade de São Paulo, v. 35, n. 3, 2000.

FREITAS, K. S. Um panorama geral sobre a história do ensino a distância. In: ARAUJO, B.; FREITAS, K. S. (Org.). Educação a distância no contexto brasileiro: algumas experiências da UFBA: volume 1. Salvador: ISP/UFBA, 2005, p. 57-68.

GIL, A. C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

GLADCHEFF, A. P.; SANCHES, R.; SILVA, D. M. Um instrumento de avaliação de qualidade de software educacional: como elaborá-lo. Pensamento & Realidade: revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Administração-FEA, v. 11, 2012.

INSTITUTO NACIONAL DE ESTUDOS E PESQUISAS EDUCACIONAIS ANÍSIO TEIXEIRA. Matrículas no ensino superior crescem 3,8%. Disponível em: . Acesso em: 12 out. 2014.

INTERNATIONAL ORGANIZATION FOR STANDARDIZATION. ISO/IEC 9126-1: software engineering: product quality. Switzerland: ISO, 2011.

INTERNATIONAL ORGANIZATION FOR STANDARDIZATION. ISO 9241. 1992/2001: ergonomics requirements for office with visual display terminals (VDTs). Switzerland: ISO, 2001.

KATZ, H. H. A state of the art on the independent private School industry in the state of Illinois. Illinois: State of Illinois Advisor Council on Vocational Education, 1973.

LÉVY, P. As tecnologias da inteligência: o futuro do pensamento na era da informática. Rio de Janeiro: Editora 34, 1993.

MORAN, J. M. O que é educação a distância. São Paulo: USP, 2008. Disponível em: . Acesso em: 11 maio. 2016.

NETTO, C.; GUIDOTTI, V.; SANTOS, P. K. A evasão na EaD: investigando causas, propondo estratégias. In: Anais da Segunda Conferencia Latinoamericana sobre el abandono en la Educacion Superior. 2012. Disponível em: . Acesso em: 11 maio. 2016.

NIELSEN, J. Usability engineering. Amsterdã: Elsevier, 1993.

PIRES, N. C. M. et al. Diferença e Semelhanças nos Métodos de Amostragem de Pesquisas Top Of Mind: um estudo comparativo. Revista Brasileira de Gestão de Negócios. São Paulo, v. 8, n. 22, p.37-45, 2006.

PORTAL BRASIL. Ensino superior cresce 110% em dez anos. Disponível em: . Acesso em: 12 out. 2014.

RIBEIRO, E. N.; MENDONÇA, G. A. A.; MENDONÇA, A. F.; A importância dos ambientes virtuais de aprendizagem na busca de novos domínios da EAD. 2007. In: Congresso da Associação Brasileira de Educação a Distância, Goiás. Disponível em: . Acesso em: 11 maio. 2016.

ROCHA, A. R.; CAMPOS, G. H. B. C. Avaliação da qualidade de software educacional. Revista Em Aberto, v. 12, n. 57 p. 32-44, 1993.

SILVA, A. P. P. O Uso educativo das tecnologias da informação e da comunicação: uma pedagogia democrática na escola. 2005. 181 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2005.

UNIVERSIDADE DO NORTE DO PARANÁ. Manual Acadêmico. [Paraná: Unopar, 2014]. Disponível em: . Acesso em: 25 jul. 2017.

UNIVERSIDADE DO NORTE DO PARANÁ. Nossa História. [Paraná: Unopar, 2016]. Disponível em: < http://www2.unopar.br/Paginas/A%20Institui%C3%A7%C3%A3o/Nossa-Hist%C3%B3ria.aspx>. Acesso em: 25 jul. 2017.a

UNIVERSIDADE DO NORTE DO PARANÁ. Nosso Sistema. [Paraná: Unopar, 2016]. Disponível em: < http://www.unoparead.com.br/unopar/nosso-sistema.jsp>. Acesso em: 25 jul. 2017.b




DOI: http://dx.doi.org/10.29069/forscience.2017v5n1.e169

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexada em:

                    

          

ISSN 2318-6356

Licença Creative Commons
ForScience: Revista Científica do IFMG   http://formiga.ifmg.edu.br/forscience é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 3.0 Não Adaptada.

SalvarSalvarSalvarSalvar