Modelagem matemática e a determinação de um novo método de cálculo do volume ventricular

José Sérgio Domingues, Kálita Gonçalves da Fonseca, Marcela Carvalho Gonçalves, Alex Eduardo Andrade Borges

Resumo - visualizações: 2670


Nesse trabalho, apresenta-se uma das aplicações da modelagem matemática no sistema cardiovascular, a sua utilização na estimação do volume ventricular esquerdo - um parâmetro fundamental no diagnóstico de doenças cardíacas. Para isso, prepara-se um molde de um ventrículo esquerdo bovino, seu volume real é determinado e, então, comparado com os resultados obtidos por métodos matemáticos médicos e com um novo método proposto, baseado na integral de revolução de uma função polinomial específica. Os resultados preliminares indicam que o método proposto é mais eficiente que os métodos médicos, com diferença de apenas 3,5% do volume real.

Palavras-chave: Modelagem Matemática. Novo Método de Cálculo. Volume Ventricular.

 

Mathematical modeling and the determination of a new method of the ventricular volume calculation

ABSTRACT

In this work, we presented one of the applications of mathematical modeling to the cardiovascular system, its use in the estimation of the left ventricular volume, which is a basic parameter in the diagnosis of heart disease. To do that, a mold of a bovine left ventricle is prepared, its real volume is determined and then it is compared to the results achieved by medical mathematical methods and with a new proposed method, based on the integral of revolution of a specific polynomial function. Preliminary results indicate that the proposed method is more efficient than medical methods, with a difference of only 3.5% of the actual volume.

Keywords: Mathematical Modeling. New Calculation Method. Ventricular Volume.


Palavras-chave


Modelagem Matemática; Novo Método de Cálculo; Volume Ventricular.

Texto completo:

PDF

Referências


BEZERRA, S. J. Um modelo matemático para o cálculo do volume ventricular esquerdo. 1985. 73f. Dissertação (Mestrado em Matemática Aplicada) – Instituto de Matemática, Estatística e Ciência da Computação, UNICAMP, Campinas, 1985.

DOMINGUES, J. S.; BARBOSA, M. P.; VALE, M. de P. Mathematical Model for Partial Ventriculectomy. In: IEEE PORTUGUESE MEETING IN BIOENGINEERING (ENBENG)., 3rd, 2013, Braga. Proceedings… Braga: [s.n.], 2013. DOI 10.1109/ENBENG. 2013.6518422.

FERREIRA FILHO, P. R. P. F. Padrões de Hipertrofia e Geometria do Ventrículo Esquerdo pela Ecocardiografia Transtorácica. Rev bras ecocardiogr imagem cardiovasc, v. 25, n.2, p.103-115, 2012.

GALRINHO, A. et al. Volume da aurícula esquerda: um “velho” cálculo ecocardiográfico com uma importância prognóstica renovada. Um estudo em doentes com miocardiopatia dilatada. Rev Port Cardiol, v. 28, n.10, p.1049-1060, out.2009.

MARTINS, E. et al. Study Portuguese in dilated myocardiopathies Family. Rev Port Cardiol, v. 27, n.9, p. 1029-1042, set. 2008.

WEIJER, T. V. de et al. Geometrical models for cardiac MRI in rodents: comparison of qualification of left ventricular volumes and function by various geometrical models with a full-volume MRI data set in rodents. Am J Physiol Heart Circ Physiol. v. 302, p. H709 - H715, nov. 2011.




DOI: http://dx.doi.org/10.29069/forscience.2014v2n2.e118

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexada em:

                    

          

ISSN 2318-6356

Licença Creative Commons
ForScience: Revista Científica do IFMG   http://formiga.ifmg.edu.br/forscience é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 3.0 Não Adaptada.

SalvarSalvarSalvarSalvar