A legitimização dos benefícios do Jiu-jtsu em uma organização do terceiro setor: um estudo de caso no Tatame do Bem

Arlete Aparecida de Abreu, Priscila Ferreira Souza, Rita de Cássia Leal Campos

Resumo - visualizações: 3418


As organizações do Terceiro Setor enfrentam dificuldades para alcançar legitimação perante a sociedade e com isso não conseguem os recursos necessários para sua sobrevivência e dessa forma não é possível mensurar quais benefícios estão realmente entregando à população. Este artigo se propôs a mostrar a importância de legitimar as organizações do Terceiro Setor, especificamente o Tatame do Bem em Formiga - MG, e identificar quais os benefícios os responsáveis pelos alunos atendidos realmente percebem. Desta forma o artigo buscou compreender a falta de aceitação do esporte como atividade que gera benefícios sociais e propor estratégias para que os benefícios passem a ser reconhecidos pela comunidade e pessoas envolvidas no projeto.

Palavras-chave: Terceiro Setor. Legitimidade social. Esporte.

 

The benefits of jiu-jitsu legitimization in anorganization of the third sector: a case study in Tatame do Bem

ABSTRACT

Organizations of the third sector are struggling to achieve legitimacy, and thus do not get the resources needed to survive and cannot even measure what benefits they are actually delivering to the population. This paper aimed to show the importance of legitimizing nonprofit organizations, specifically the "Tatame do Bem" in Formiga - MG and the benefits those responsible for the students served really realize. Thus the article tried to understand the lack of acceptance of the sport as an activity that generates social benefits and also to propose strategies to make the benefits start being recognized by the community and people involved in the project.

Keywords: Third sector. Social legitimacy. Sport.


Palavras-chave


Terceiro setor; Legitimidade social; Esporte.

Texto completo:

PDF

Referências


ASSALIN, R. Projeto Tatame do Bem. Formiga, 2014. Entrevista concedida a Priscila Ferreira Souza e Rita de Cássia Leal Campos.

BRASIL. Constituição (1989). Constituição Federal do Brasil. Brasília, DF: Congresso Nacional, 1989.

BOUDENS, E. P. J. Terceiro setor: legislação. Brasília, DF: Câmara dos Deputados, Coordenação de Publicações, 2000.

CARVALHO, C. A.; VIEIRA, M. M. F. (Org.). Organizações, cultura e desenvolvimento local: a agenda de pesquisa do Observatório da Realidade Organizacional. Recife: EDUFEPE, 2003.

COX, J. C. Traditional asian martial arts training: a review. Quest, [S.l.], v. 45, n. 3, p.366-388, 1993.

FONTES FILHO, J. R. Governança organizacional aplicada ao setor público. In: CONGRESO INTERNACIONAL DEL CLAD SOBRE LA REFORMA DEL ESTADO Y DE LA ADMINISTRACIÓN PÚBLICA, 8., 2003, Panamá. [Anais...]. Panamá: CLAD, 2003. p. 28-31.

MODESTO, P. Reforma do marco legal do terceiro setor no Brasil. Revista Interesse Público, Belo Horizonte, v. 1, 1999.




DOI: http://dx.doi.org/10.29069/forscience.2014v2n2.e114

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexada em:

                    

          

ISSN 2318-6356

Licença Creative Commons
ForScience: Revista Científica do IFMG   http://formiga.ifmg.edu.br/forscience é licenciado sob uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 3.0 Não Adaptada.

SalvarSalvarSalvarSalvar